A Prefeitura de Niterói já vacinou mais de 16% da população contra Covid-19, média quase duas vezes superior à do Estado do Rio de Janeiro (7,58%). O desempenho também é melhor que do País, que imunizou 9,46% dos brasileiros. Até esta segunda-feira (5), mais de 85 mil pessoas já tinham recebido a primeira dose na cidade. Hoje (5) e amanhã (6) estão sendo vacinados idosos com mais de 68 anos. A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói vai apresentar, esta semana, uma atualização do calendário de vacinação para o período de 9 a 24 de abril. As informações foram divulgadas em vídeo ao vivo nas redes sociais da Prefeitura de Niterói, na noite desta segunda-feira (5).

Idosa é vacinada no drive thru de vacinação da UFF, coordenado pela FeSaúde


​Até esta segunda-feira (5), Niterói contabiliza um total de 85.013 pessoas imunizadas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, entre trabalhadores da saúde, idosos, pessoas com deficiência institucionalizadas e quilombolas. Já receberam a segunda dose da vacina 25.872 pessoas.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, reforçou que existem duas formas de combater o avanço desta doença, que é a vacinação e o distanciamento social. Ele destacou, ainda, o diálogo da Prefeitura com os diferentes setores da economia da cidade.      

​“Começamos hoje a vigência de um novo decreto que prorrogou as medidas de restrição até o próximo dia 12, com algumas mudanças importantes para que a gente possa manter a nossa mobilização no enfrentamento a essa pandemia. Temos acompanhado de perto e dialogado com diferentes setores da sociedade, porque entendemos e somos solidários com as dificuldades em função das restrições. Mas é fundamental, neste momento, para conseguirmos manter o controle dos números da Covid-19 e evitar uma sobrecarga na rede de saúde. Nenhuma outra cidade está fazendo o que Niterói está fazendo, com a criação de programas de auxílios sociais e econômicos como o Renda Básica Temporária, a ajuda aos MEIs, o Busca Ativa, e o Empresa Cidadã, que está beneficiando cerca de 3 mil empresas da cidade. Precisamos da ajuda da população para que todos fiquem em casa e evitem aglomerações”, disse o prefeito.  

​O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, informou que a taxa de ocupação para leitos exclusivos de UTI para Covid-19 na cidade está em torno de 90%, e em cerca de 80% de leitos clínicos para tratamento da doença, seja na rede pública ou privada. Para ele, o ritmo de vacinação acima da média do Estado e do Brasil mostra o compromisso da Prefeitura de Niterói com o esforço de imunização e esforço dos profissionais da atenção básica da rede de saúde do município.