Uma pesquisa de satisfação e um levantamento de doses aplicadas no Drive Thru de vacinação da UFF (Universidade Federal Fluminense) no Gragoatá, elaborados pela FeSaúde, têm comprovado que a população de Niterói aprova o sistema de imunização e a qualidade do atendimento. 

A estratégia foi colocada em prática como uma forma de apoio para a campanha de vacinação contra a Covid-19, que, na cidade de Niterói, teve início em 20 de Janeiro de 2021. O Drive, fruto de uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Niterói e da UFF, com coordenação da dFeSaúde, tem demonstrado grande eficiência e segurança no processo de imunização dos niteroienses. 

Segundo o levantamento de doses aplicadas, feito pela FeSaúde, desde a sua implementação, no dia 11 de fevereiro de 2021, o Drive Thru em questão foi responsável pela aplicação de mais de 12.600 doses da vacina contra a Covid-19.  

Metodologia da pesquisa de satisfação dos usuários do drive 

De acordo com Ana Luísa Pinho, coordenadora de Informação na Gerência de Tecnologia e Gestão da Informação (GTEC), e Brena Tostes, gerente do Núcleo Estratégico de Apoio Técnico da Diretoria de Atenção à Saúde (DAS) da FeSaúde, foi realizada uma pesquisa de satisfação dos usuários que utilizaram o drive. 

O levantamento foi elaborado para medir o nível de satisfação dos usuários, permitindo a verificação e a efetividade das estratégias traçadas pelas equipes de gestão em saúde durante a vacinação, mais especificamente em relação ao Drive Thru de vacinação. 

O questionário utilizado para a coleta de dados foi composto de 8 perguntas que buscaram avaliar o motivo de escolha pelo Drive, o atendimento, a organização, a aplicação da vacina e o tempo de espera.  

O critério Atendimento considerou a gentileza, atenção e presteza dos profissionais envolvidos na estratégia Drive Thru, assim como a Organização que busca avaliar esse componente nas etapas de controle de acesso, cadastro e o direcionamento aos postos de aplicação. Com relação à Aplicação da vacina, o intuito é avaliar o nível de satisfação do usuário com relação ao manejo do profissional diante da técnica de aplicação. 

O questionário foi aplicado de forma aleatória aos usuários atendidos que tomaram alguma dose da vacina. Não houve obrigatoriedade de identificação e, para a validação da pesquisa, foi designado um percentual mínimo esperado de 5% de respondentes.  

Os dados divulgados, até o momento, compreendem o período dos dias 11 de março a 5 de abril de 2021. Esse período também foi considerado um “teste piloto” da pesquisa, no qual todas as etapas metodológicas, desde o questionário até o processo de análise e divulgação dos resultados, puderam ser validadas e todos os ajustes necessários implementados. 

A pesquisa fez também um levantamento do perfil do público, a partir dos grupos preconizados como prioritários pelo Plano Nacional de Imunização  vacinados no local. Ao longo dos 34 dias de funcionamento do drive, mais de 12 mil doses foram aplicadas em idosos, sendo 9.932 doses referentes à aplicação da primeira dose da vacina e 2.348 referentes à aplicação da segunda dose  

 

O que essa pesquisa representa para o município de Niterói?   

Segundo Brena Tostes, a satisfação dos usuários é o ponto-chave para analisar a eficiência e a aceitação das estratégias elaboradas pela Secretaria Municipal de Saúde, neste momento, aplicadas pela FeSaúde  para a comunidade de Niterói: 

“A pesquisa de satisfação é um importante componente de avaliação da qualidade do serviço em saúde. Ela traz dados importantes para o monitoramento da Estratégia Drive Thru e, consequentemente, para a organização da vacinação contra a COVID-19 no município de Niterói. A opinião dos usuários é fundamental para o aprimoramento das ações; deve balizar os encaminhamentos e as decisões da gestão”. 

Já a pesquisadora Ana Luísa destaca importância dos dados para a elaboração de novas estratégias e aprimoramentos para a organização e estruturação das ações da FeSaúde: 

“Para além de apontar o que está dando certo, essa pesquisa demonstra ainda o que precisa ser aprimorado, questões já identificadas de forma empírica pela gestão, mas que a pesquisa corrobora, de forma organizada e transparente”. 

Qual foi a principal percepção dos usuários?